Vídeos Para Perder  DEFINITIVAMENTE o Medo de Hipnotizar!
Eduardo Vaz (92 artigos)
Compartilhar

Vídeos Para Perder DEFINITIVAMENTE o Medo de Hipnotizar!


Mas COMO conseguir fazer essa voz cessar? COMO fazer para adquirir a confiança necessária para que a tentativa de hipnose seja bem sucedida?

Igor Ledochowski propaga um fator chamado H+, em que ele consegue explicar como as inseguranças podem atrapalhar você na hora de realizar induções. No vídeo acima, pode-se perceber claramente o que Igor Ledochowski quis dizer ao explicar sobre o FATOR H+.

Como pode perceber no vídeo, Igor aborda a ideia de que para poder se transmitir conforto, confiança, bem-estar ao seu voluntário, necessariamente você precisará demonstrar a ele que está com uma boa intenção.

Aliada à boa intenção, encontra-se o fator H+, o intenso desejo de hipnotizar alguém. Isto quer dizer que sob estado do H+ você torna-se focado e atento, para criar um contexto em que as pessoas pensem: “Ele está focado, é melhor eu ficar também”.

Então, o “+” refere-se a uma intenção positiva BEM FORTE!

Quando olha para alguém qual vai hipnotizar, necessariamente você tem que se portar de forma a mostrar para essa pessoa COMO ela deve se portar.

Aliado a esse fator H+, abaixo poderá ver outro vídeo, agora do hipnólogo J. Stephens, também de tradução do nosso saudoso Mestre da Hipnose, em que poderá observar como a congruência na Hipnose faz toda a diferença, vejamos:

Stephens mostra como a congruência e o fator H+ dão o pilar para uma ótima apresentação de hipnose. Além disso, esses dois fatores quando unidos são altamente eficazes, pois enquanto o H+ cria a atmosfera, a congruência com o que está dizendo ou com o que quer que aconteça cria a transmissão de confiança necessária para pessoa ser atenta e acreditar no que está dizendo.

Em outras palavras, a congruência pode ser explicada da seguinte forma: quando estiver dizendo algo para o seu voluntário, mostre que acredita no que fala, através do jeito que fala. Aqui você pode perceber a aplicabilidade muito semelhante de um provérbio da linguagem corporal “Não importa o que diz, e sim COMO diz”.

Como Stephens afirma, mostrar-se congruente é fácil. Ele diz isso porque a primeira vez que fizer e der certo, você vai pensar: “Entendi, é fácil.”.

Bem… espero ter ajudado a você nosso leitor hipnotista a perder o medo de hipnotizar um voluntário. Eu sei, por experiência própria, como pode parecer difícil hipnotizar alguém no começo dos estudos, mas não é tão difícil quanto parece.

Como dito, primeiramente você precisa entender que a sua forma de abordagem influencia diretamente no seu resultado. Como dissemos já em uma das nossas publicações (clique aqui para ler): 

É possível hipnotizar alguém contra a vontade? Se você entende a hipnose como aquele processo onde você precisa levar o sujeito para um lugar mais tranquilo, fazer testes e mais testes, induzir, aprofundar, utilizar… a resposta é NÃO… Mas… (confira aqui a publicação)

Sem esses quesitos a área crítica do cérebro predomina, mas quando você consegue a confiança da pessoa, o criticismo dá espaço para a criatividade… aí meu amigo… só vai depender do seu script.

Falando em Script, nós gravamos 101 Scripts de Hipnose Conversacional. São mais de 100 áudios ensinando Hipnose, Gatilhos Mentais e PNL Conversacional (clique aqui para conhecer).

Um grande abraço também para você leitor e até a próxima!
Eduardo-Vaz3

Eduardo Vaz

Eduardo Vaz

Bacharel em Direito, Conciliador do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, Hipnólogo formado por Olimar Tesser, Practitioner de Hipnose, Estudioso da Área Linguagem Corporal, Microexpressões Faciais, Leitura Fria, Mentalismo, Vidência, Membro da IFGE (The International Foundation for Gender Education), Empreendedor Digital na Área de Marketing Digital e Relações Humanas, Administrador e Colaborador do Site Body Language Brazil.