Aprenda Definitivamente: Hipnose à Distância, Como Fazer!
Luiz Carlos (20 artigos)
Compartilhar

Aprenda Definitivamente: Hipnose à Distância, Como Fazer!

Já ouviu falar em hipnose à distância? MORI? Ou então LINGUAGEM HIPNÓTICA? Como fazer?

Você está prestes a ver a maior prova de como a linguagem corporal exerce influência sobre o comportamento.

Veja acima como Derren Brown induziu esse rapaz apenas com a linguagem corporal…

[epico_capture_sc id=”3712″]

 Eduardo-Vaz3

Luiz Carlos

Luiz Carlos

Mentalist Trainer, Practitioner Internacional Em Programação Neurolinguística, Hipnólogo, Life Coach, Especialista Em Habilidade Social e Facilitador De Processos De Aprendizagem, Criatividade, Liderança e Vendas.

Comente

  1. Everton
    Everton novembro 30, 14:17
    Uma dúvida... Hipnose M.O.R.I é o mesmo que hipnose por espelhamento (como essa do vídeo) ?
  2. Eduardo Vaz
    Eduardo Vaz novembro 30, 19:14

    Olá Everton, boa a sua pergunta!

    A técnica hipnótica M.O.R.I é um conjunto de passos, dentre eles o do espelhamento, que são capazes de induzir outra pessoa ao transe.

    Basicamente, o espelhamento é a chave para criar uma conexão com o inconsciente da pessoa. Com um espelhamento realizado de maneira correta, após estabelecido o elo de confiança e percepção inconsciente (rapport), é possivel levar o inconsciente da pessoa a um relaxamento induzido, assim, criando o transe. Lembre-se: toda hipnose é uma auto-hipnose, então, uma vez estabelecida a conexão inconsciente entre dois indivíduos, e um induz a sensação do próprio transe, por meio do espelhamento, verifica-se a manifestação na outra pessoa do estado mental criado pelo hipnotizador.

    Logo, o espelhamento é a um dos passos para se realizar a hipnose à distância, necessáriamente sendo preciso saber levar sua mente ao transe, para depois transferir isso para o outro. 

    Esta é a forma que o D. Brown utilizou para hipnotizar à distância no presente caso, claro, aproveitando-se de uma pessoa altamente sugestionável (percepção tal realizada com base em algumas caracterísitcas que o indivíduo apresentou).

    Espero ter respondido sua pergunta.

    Um grande abraço, ótimo final de semana!

  3. José Siuch
    José Siuch outubro 12, 15:27
    É possível fazer com que uma pessoa concorde em tudo em minhas propostas em uma audiência judicial?
  4. Eduardo Vaz
    Eduardo Vaz outubro 15, 13:57
    José, a persuasão depende do interlocutor. O jeito, as técnicas podem ser utilizadas para melhorar a comunicação, saber utilizar a linguagem, como eliciar sentimentos, descobrir significados e ideias, sentimentos ou pessoas para o mapa de mundo da outra pessoa. A utilização da Hipnose, dos Gatilhos Mentias e PNL Conversacional pode ajudar (e muito) a condução de uma audiência. Principalmente exaltar coisas como: "Bem, somos todos de bem. Adultos. Podemos chegar num acordo e resolver essa dor de cabeça hoje mesmo, sem deixar se arrastar pelas nossas vidas e assim poderemos encostar a cabeça no travesseiro com paz e tranquilidade. E ainda bem que estamos aqui prontos para começar a falar disso agora...". É um exemplo só... A análise do caso concreto exige técnicas diferenciadas. Agora sendo objetivo em sua pergunta: É possível sim. Numa audiência conciliatória, por exemplo, deve ser vantajoso para ambas as partes o acordo. Não é uma loteria, a proposta tem que ser (ou parecer) boa para os dois. Tanto de quem se exime da obrigação, quanto quem está recompondo seus direitos. Ninguém gosta de sair perdendo. E influenciar alguém para sair perdendo não é o nosso objetivo aqui no BLBR. Então com uma boa proposta para acordo e a forma correta de falar (utilizando técnicas como desvio intencional de atenção, eliciação de estados mentais e sentimentos, perguntas ambíguas negativas) é possível fazer a pessoa entender que para o modelo de mundo dela que aquela proposta é boa o suficiente. Digo isso por experiência própria, ainda mais se for em Juizados Especiais Cíveis. Obrigado pela pergunta! Abraços!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu e-mail não aparecerá publicamente. Em hipótese nenhuma compartilharemos ele com terceiros. Preencha os campos marcados com *