Telepatia: Ativista Quântico dá Sua Visão Científica
Eduardo Vaz (93 artigos)
Compartilhar

Telepatia: Ativista Quântico dá Sua Visão Científica

A publicação sobre Telepatia gerou um pouco de polêmica nos grupos de hipnose, principalmente no de Mentalista VIP. Alguns buscam a verdade, invocando a dialética e falta de provas científicas, outros apontam estudos, alguns isolados, outros podendo ser apontados como tendenciosos.

Mas lhe pergunto: Dá para acreditar tanto na ciência quando o assunto é a mente humana? Em especial, na Telepatia, dá.

Isso que o ativista quântico Amit Goswami propaga em seu documentário sobre experiências telepáticas.

Basicamente Amit afirma com todas as palavras que telepatia existe e há indícios fortes científicos e, quanto a essa máxima, não poderia ser mais do que bacana ver o trecho de seu documentário.

Telepatia 0

No documentário, basicamente ele dá um exemplo de experimento onde duas pessoas, por cerca de 20 minutos, tinham a intenção de meditar e se comunicarem através de uma consciência não local.

Essa interconexão de consciência foi para além do tempo e do espaço. Não há necessidade alguma de sinais físicos para a comunicação. Isso é o mais incrível na telepatia.

 No experimento de telpatia, duas pessoas meditam com a intenção de se comunicarem à partir de uma consciência não local sem qualquer contato físico. Após 20 minutos elas são separadas e enviadas para uma gaiola, que impedem a passagem de ondas eletromagnéticas, mantendo o estado meditativo.

Telepatia

Os cérebros foram medidos por EEGs (eletroencefalograma). E a experiência é feita. Conforme as imagens acerca da atividade eletromagnética do cérebro, clarões de luz aparecem.

Telepatia 3

Acerca da Telepatia e do experimento, Amit Goswami diz:

Onde podemos chamar de potencial evocado, induzido por flashes de luz. Porém, o outro sujeito estava apenas meditando. Sem clarões de luz. Entretanto, o eletroencefalograma conectado ao segundo sujeito, que não havia recebido qualquer tipo de flashes havia um potencial transferido muito semelhante ao potencial evocado. Tanto em termos de intensidade, como de tempo.

Então, como essa atividade elétrica foi transferida de um cérebro para o outro, sem qualquer tipo de contato físico ou ligação eletromagnética? Sobre telepatia, Amit Goswami responde:

Consciência não local, ou consciência quântica. É a consciência não local causando o colapso de ondas semelhantes, em ambos os cérebros porque suas intenções foram pareadas (não locais). Não existe outra maneira de explicar esses resultados.

 Algumas pessoas questionaram na época o experimento, mas então em 1997, estudando telepatia Peter Fenwick e seus colegas em Londres, tentam repetir a pesquisa. Os resultados foram confirmados.

Telepatia 4

Vale a pena assistir esse vídeo do Amit, ao final você vai entender uma grande sacada desse físico quântico!

Você Quer Aprender as 3 Estratégias Secretas Para Hipnotizar Qualquer Pessoa Apenas Conversando?

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber o vídeo gratuito e aprender ainda hoje!

Telepatia pode não ser científica porque não convém aos grandes governos quererem que ninguém saiba. Só pode ser isso, porque as instituições científicas não estão interessadas que essa informação se propague.

Somente em um vídeo de um militante ativista quântico podemos ver esse tipo de informação. Infelizmente o mundo é esse!

Aliás, se você gosta de estudar a sua própria mente, eu recomendo que você uma publicação que eu fiz sobre Padrões Hipnóticos da Linguagem, tenho certeza que vai gostar!

Um grande abraço!

Eduardo-Vaz3

Fonte: Youtube.

Eduardo Vaz

Eduardo Vaz

Bacharel em Direito, Conciliador do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, Hipnólogo formado por Olimar Tesser, Practitioner de Hipnose, Estudioso da Área Linguagem Corporal, Microexpressões Faciais, Leitura Fria, Mentalismo, Vidência, Membro da IFGE (The International Foundation for Gender Education), Empreendedor Digital na Área de Marketing Digital e Relações Humanas, Administrador e Colaborador do Site Body Language Brazil.

Comente

Gostou? Deixe Um Comentário! Você pode ser o primeiro a comentar nesse post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu e-mail não aparecerá publicamente. Em hipótese nenhuma compartilharemos ele com terceiros. Preencha os campos marcados com *