Como Invadir a Mente de Qualquer Pessoa Usando Hacks Mentais (A Verdadeira Programação do Cérebro)
Eduardo Vaz (92 artigos)
Compartilhar

Como Invadir a Mente de Qualquer Pessoa Usando Hacks Mentais (A Verdadeira Programação do Cérebro)

Você já imaginou poder utilizar a imaginação e a linguagem para reprogramar o seu cérebro? Você sabia que possui “3 cérebros”? Que tal poder utilizar hacks mentais para hackear a mente de qualquer pessoa?

Quando falamos em hacks mentais devemos certamente também falar do Marcelo Maia. Ele é brasileiro, possui um canal no YouTube com mais de 100.000 visualizações e dá aulas através de seu curso completo sobre hacks mentais. Recentemente ele lançou uma série de vídeos interessantes, confira um deles logo abaixo (ou clique aqui para ir ao site oficial).

 

Melhor Visualizado em Seu Desktop

Marcelo Maia também é autor e em seu livro “Hackeando Mentes” (clique aqui para conhecer) fala de forma bem sucinta como podemos entender o cérebro, também, como os hacks mentais funcionam, a aplicabilidade, o funcionamento e dá dicas importantes para quem quer aprender sobre softwares mentais e hacks mentais.


Antes de falarmos sobre os 7 Hacks Mentais que separei para lhe explicar, preciso que entenda a evolução biológica que o cérebro sofreu ao longo da existência humana. E é isso o que vamos fazer a partir de agora…

 

A Evolução do Cérebro

Hacks Mentais

Muitas pessoas já conhecem, para outros pode ser algo totalmente novo. Fato é que a estrutura do cérebro qual conhecemos atualmente pode ser dividida, para fins metodológicos, em três estruturas principais. Sim, você tem TRÊS cérebros!

Cada uma dessas 3 partes funcionam uma forma ESPECÍFICA e possuem FUNÇÕES DETERMINADAS.

Conhecer essas três partes do cérebro nos dá uma compreensão ampla de como utilizar os hacks mentais sem precisarmos complicar muito com nomes difíceis de lembrar e de pouca ajuda metodológica e prática.

Abaixo vamos falar sobre cada um dos 3 cérebros que são essenciais para a utilização dos hacks mentais.

 

Cérebro Reptiliano

cérebro reptiliano

Essa parte do cérebro e responsável pelo instinto de sobrevivência. É composto pela medula espinhal e pelas porções basais do telencéfalo.

Instintos de sobrevivência surgem daqui, como ato reflexos e equilíbrio, sexo, fome, territorialismo e comportamentos rituais. É essencial para todas as funções automáticas como: respiração, batimentos do coração, redução da temperatura corporal, digestão…

Pode-se dizer que em termos evolutivos essa é a estrutura mais idosa existente, a parte mais interna, então ela está localizada bem no meio do cérebro, sendo que existe um grupo de estruturas que vão em direção à medula óssea.

Seu funcionamento é caracterizado PRINCIPALMENTE pelos instintos de sobrevivência e replicação. Sendo responsável por emoções primárias como Medo, Raiva, Prazer, Nojo. Ele interpreta um tipo de linguagem específica: IMAGENS.

Edu, como essa parte do cérebro interpreta as imagens?

Imagine que está tomando banho, ensaboando o corpo… De repente o sabonete escorrega da sua mão e antes de cair no chão você o pega no ar. Isso são atos reflexos… Outro Exemplo: Imagine que você está no campo de futebol, nas cadeiras, assistindo a partida. De repente dá uma jogada e o zagueiro chuta a bola na sua direção… Você vê ela vindo em você e que talvez não dê tempo de sair da frente. Quando você vê já saiu… Outro ato reflexo…

Pense assim, se algum objeto se aproxima rapidamente em sua direção antes que você pense em sair da frente ou se proteger, o cérebro reptiliano toma a iniciativa de controlar seu comportamento e se desviar (atos reflexos)… (…) É importante que se grave isso: A linguagem do cérebro reptiliano são as imagens instintivas.

O que são imagens instintivas?

Se você for um homem e estiver lendo, basta passar uma mulher gostosa ao seu lado para que sua atenção ao artigo se desvie momentaneamente. Você irá prestar atenção nela.

Imagens instintivas são aquelas estão relacionadas à reprodução ou sobrevivência (SEXO, COMIDA, IMAGEM CHOCANTE…).

 

LINGUAGEM NÍVEL VISCERAL

Como funciona a linguagem INSTINTIVA?

Aqui, antes de citar exemplos sobre a linguagem que produz reações a nível visceral, é bom salientar que quando aplicada à persuasão ela tem um impacto muito forte, porque ela produz reações irracionais do cérebro, ou seja, que a pessoa não pode controlar racionalmente.

Exemplo 1Imagine que você acabou de pegar um limão daqueles super azedos que está ainda verde no pé pegue um e lasque rapidamente uma mordida bem profunda com força… Hmmmmmmmmm… Você provavelmente salivou, interessante não é?

Exemplo 2Pense num bebe mais lindo sorrindo com uma gargalhada de dar gosto, daquelas tão expressivas que você sente a alegria estampada. Você provavelmente sorriu, incrível não?

Exemplo 3Preste atenção na sua respiração, vai olhe sua respiração e sinta o movimento. Você provavelmente começou a controlar sua respiração, impressionante não é mesmo?

Bem, você já deve ter entendido como esse sistema trabalha. Marcelo Maia preparou vários vídeos bem educativos para passar outros detalhes importantes sobre o tema (clique aqui para ver o primeiro).

 

Cérebro Mamífero

Cérebro do Mamífero

O cérebro reptiliano é envolvido pelo que se chama de sistema límbico, sendo que algumas aves também possuem essa formação igualmente os seres humanos e todos os mamíferos.

Popularmente chamado de “Cérebro Emocional”, o cérebro mamífero é responsável por processar as emoções (ódio, amor, felicidade, inveja, ansiedade e outras). No cérebro mamífero se processa também a identidade individual, a unidade responsável pelas emoções complexas.

O cérebro mamífero é capaz de aprender com as experiências passadas sendo ele movido em seus primórdios pela busca do prazer ou fuga pela dor (todo comportamento humano pode ser relacionado com a busca do prazer ou fuga da dor).

Pode-se dizer que as experiências pelas quais passamos são memórias associadas, armazenadas através de uma rede, sendo que cada memória é identificada pela representação sensorial, os 5 sentidos (também chamada de codificação emocional das submodalidades).

 

LINGUAGEM NÍVEL EMOCIONAL

A linguagem das emoções são aquelas que fazem a pessoa reviver o momento, experimentar a sensação de uma memória, que vem acompanhada por outra, outra e outra, pois estão associadas.

Exemplo 1Você já fez alguma viagem para um lugar que foi tão maravilhoso, que você fica feliz só de imaginar aquele lugar? Isso já aconteceu comigo antes, eu acho simplesmente fantástico como a memória que eu tenho desse lugar é tão vívida e cheia de cores. Eu fico imaginando como seria a vida de uma pessoa que só possuísse memórias assim…

Exemplo 2Tive um sonho em que voava tão alto e me sentia tão leve, foi como uma sensação de liberdade misturada com paixão e felicidade eufórica! Um EXPERIÊNCIA incrível, você tem que experimentar isso um dia.

Bem, você já deve ter percebido como representações abstratas em uma linguagem cheia de emoções pode criar facilmente experiências EMOCIONAIS INTENSAS. A criatividade aqui não tem fim… A dramatização também é um aliado para esse aspecto do cérebro emocional (só não exagere e passe a sensação de que está forçado a barra).

Interessante falar ainda que, como dito, o cérebro cria uma espécie de rede de associações de memórias, estas que são classificadas em INTENSIDADE de acordo com as submodalidades.

Podemos classificar pode submodalidade visual (número de imagens, brilho, cores, tamanho da imagem, se a imagem está fazendo loop, se é 2d, 3d, forma, associada, dissociada, focada, desfocada. Por submodalidade auditiva (ritmo, volume, reverberação, mono, stereo, direção, tempo, som de fundo. Pelo paladar (aroma, intensidade, gosto). Ou sensorial (pressão, frio, calor, direção)…

Perceba nos exemplos acima como foram utilizadas as submodalidades para eliciar as lembranças. Na primeira a submodalidade da visão, após a sensorial. Aqui a criatividade não tem limites!

 

Neo Cortex (Cérebro Lógico / Racional)

Cérebro Racional

Evolucionariamente o neo córtex é a parte mais recente e a estrutura mais externa do cérebro. Somente os primatas possuem essa região extremamente desenvolvida.

É caracterizado por conseguir realizar tarefas complexas, raciocínio abstrato, processamento de linguagem simbólica, criatividade, identificar padrões de semelhanças… Sendo funções obviamente humanas. Nossa consciência racional reside aqui.

 

LINGUAGEM RACIONAL

Comunicar-se racionalmente é ideal para informar pessoas. A informações para ser uma informação deve haver lógica. Não adiante querer ensinar seu cachorro a dirigir apenas em uma aula prática. Essa linguagem possui menos poder de influência do que a linguagem emocional que já citamos anteriormente.

O ideal é que quando você tiver o objetivo de persuadir alguém, você use a LINGUAGEM EMOCIONAL mas também a linguagem LÓGICA para aumentar ainda mais o seu potencial de convencimento, criando uma estrutura lógica nas suas ideias. Mas lembre-se sempre que nosso objetivo principal é nos comunicar com as PARTES IRRACIONAIS do cérebro. E com isso quintuplicar o seu poder (foque no cérebro mamífero e reptiliano quando for persuadir).

É importante destacar que em caso de situação de perigo imediato, o cérebro reptiliano ganha dominância sobre o cérebro emocional e sobre o cérebro lógico. E em caso de situação emocional forte, o cérebro emocional interrompe o funcionamento do cérebro lógico. É por isso que não pensamos logicamente quando estamos sobre influência de alguma emoção forte.

Espero que você tenha entendido como funcionam os nossos 3 cérebros. Nas próximas publicações vamos falar sobre os Hacks Mentais (Padrões Hipnóticos) propriamente ditos. Confira abaixo o link e aguarde a data de liberação.

Aprenda 7 Hacks Mentais Para Hackear Mentes

Aprenda 7 Hacks Mentais Para Hackear Mentes

Inscreva-se informando seu e-mail logo abaixo e receba em primeira mão os artigos sobre cada Hack Mental para melhorar seu potencial persuasivo. É totalmente grátis!

ATENÇÃO: Confirme sua inscrição clicando no link dentro do e-mail que acabamos de lhe enviar!

7 Hacks Mentais Para Melhorar Sua Comunicação

Hacks Mentais – Como Invadir a Mente das Pessoas (A Verdadeira Programação do Cérebro) [Você está aqui]
Hacks Mentais #1 – Padrão Associação Dor/Prazer (3 de junho de 2016 – 21hrs)
Hacks Mentais #2 – Padrão Descrição Sensorial (5 de junho de 2016 – 21hrs)
Hacks Mentais #3 – Padrão Hipnótico da Antecipação (5 de junho de 2016 – 23hrs)
Hacks Mentais #4 – Padrão Descrever o Processo (6 de junho de 2016 – 21hrs)
Hacks Mentais #5 – Padrão Autoridade (7 de junho de 2016 – 21 hrs)
Hacks Mentais #6 – Padrão Comprovação Social (8 de junho de 2016 – 21 hrs)
Hacks Mentais #7 – Padrão Reforço Positivo (9 de Junho de 2016 – 21 hrs)

Essa dica é proveniente do curso Softwares Mentais, um dos melhores e mais completos cursos online de Hipnose da América Latina, totalmente em português e criado pelo Marcelo Maia – um dos grandes nomes da hipnose e neuromarketing atualmente.

As vagas para o curso Softwares Mentais abriram HOJE, dia 6 de junho de 2016 e vão fechar daqui alguns dias. O Body Language Brazil preparou um BÔNUS ESPECIAL para você que quer aprender como a hipnose REALMENTE FUNCIONA. Clique aqui e garanta seu Softwares Mentais e leve o NOSSO BÔNUS…

 

INSCRIÇÕES ABERTAS SOFTWARES MENTAIS

SOFTWARES MENTAIS + COMO SER UM VERDADEIRO MENTALISTA

 

Quem adquirir o Softwares Mentais através desse link ganhará GRÁTIS o NOSSO CURSO COMO SER UM VERDADEIRO MENTALISTA (que custa R$397,00). A promoção é somente para os CINCO primeiros. Então corre lá no site do Marcelo Maia através desse link, se inscreve e em 15 dias você receberá seu acesso TAMBÉM ao nosso curso de MENTALISMO CERTIFICADO.

 

banner300

 

Resolvemos criar essa campanha para ALAVANCAR DE VEZ o seu aprendizado sobre Hipnose e Programação Neurolinguística. Acreditamos que qualquer pessoa pode ser um mentalista e possuir habilidades mentais para conquistar qualquer objetivo na vida. Por isso acredito piamente nos Softwares Mentais e na proposta do Marcelo Maia, porque é um aprendizado que você vai utilizar e poder carregar pela vida toda assim como o Como Ser Um Verdadeiro Mentalista!

Espero poder lhe encontrar dentro da nossa área de membros, tendo a BAGAGEM dos Softwares Mentais.

Será incrível!

Um forte abraço…

Como dizem: Um investimento que muda vidas e para vida toda!

Um grande abraço!

Eduardo Vaz

Eduardo Vaz

Bacharel em Direito, Conciliador do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, Hipnólogo formado por Olimar Tesser, Practitioner de Hipnose, Estudioso da Área Linguagem Corporal, Microexpressões Faciais, Leitura Fria, Mentalismo, Vidência, Membro da IFGE (The International Foundation for Gender Education), Empreendedor Digital na Área de Marketing Digital e Relações Humanas, Administrador e Colaborador do Site Body Language Brazil.

Comente

Gostou? Deixe Um Comentário! Você pode ser o primeiro a comentar nesse post!

Deixe seu comentário

Seus dados estão seguros! Seu e-mail não aparecerá publicamente. Em hipótese nenhuma compartilharemos ele com terceiros. Preencha os campos marcados com *