Hipnose e PNL Conversacional – Como Interpretamos a Pergunta “Por Que?”

H

Quero Ver Os Cursos!
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

INTRODUÇÃO

Opa, Edu Vaz aqui e hoje quero te falar um pouco sobre Hipnose e PNL Conversacional. Mas para começarmos tenho que te fazer uma pergunta: Você sabia que perguntar “Por Que?” pode ser bem hipnótico? Sim, se você não conhece a função da pergunta “Por Que?” para a Hipnose e PNL Conversacional, continue lendo essa postagem…

Como complementação do seu estudo, vale a leitura inclusive da publicação: APRENDA A PROVOCAR O TRANSE HIPNÓTICO DURANTE UMA CONVERSA (clique aqui para ler). Lá em menos de 3 (três) minutos você vai ter 1 (um) dos exemplos mais simples e eficazes de como hipnotizar uma pessoa. Claro que essa é só a pontinha do iceberg… Vamos ao que interessa por aqui?

Certamente você já presenciou uma conversa qual uma pessoa diz: “Estou chateado.” e a outra diz: “É mesmo? Por Que?”. Isso é muito comum.  Ou mesmo quando uma pessoa diz: “Hoje foi um dia péssimo.” e logo em seguida, de forma instintiva, a outra pessoa diz: “Ué… Por Que?”. Saiba que muitas vezes quando perguntamos para uma pessoa “Por Que?” estamos podendo ajudar ou atrapalhar ela nos processos recursos que ela passa a acessar e eliciar. Vejamos…

HIPNOSE E PNL: COMO INTERPRETAMOS A PERGUNTA “POR QUE?”

O “POR QUE?” elicia JUSTIFICATIVAS, isso você já deve saber. Se você pergunta “POR QUE?” numa situação, o cérebro da outra pessoa começa a buscar uma resposta IMEDIATAMENTE. Nosso cérebro foi programado para buscar respostas e significados. Se eu perguntar a você agora: “Por que está lendo essa postagem?” O seu cérebro começará a buscar uma resposta automaticamente, quase instintivamente.

O contrário também é verdadeiro. Se uma pessoa diz: “Estou de bem com a vida!” e você pergunta “POR QUE?”, estará REFORÇANDO aquele estado emocional. A outra pessoa naturalmente vai buscar JUSTIFICATIVAS (internas) sobre aquilo que está sentindo, é um processo natural.

Sendo assim, o “POR QUE?” pode ser usado para eliciar JUSTIFICATIVAS e REFORÇAR o que uma pessoa já está sentindo. Quando isso acontece, a outra pessoa cria imagens, sons e sensações internas que correspondem a essas justificativas e isso reforça o estado emocional em que aquela pessoa está, seja ele qual for.

No momento em que você fizer a perguntinha mágica, a pessoa terá de voltar a atenção para dentro de si mesma, enquanto procura por respostas e justificativas para sua pergunta. Essa atenção voltada única e exclusivamente para dentro, é o que chamamos de transe naturalístico.

No curso “101 Scripts de Hipnose Conversacional” nós aprofundamos em mais de 50 áudios explicativos sobre perguntas capazes de eliciar sentimentos, trazer a mente das pessoas significados sobre o modelo de mundo dela, bem como eliciar recursos para uma mudança positiva. Tudo isso por meio da Hipnose e PNL… Não é demais? (clique aqui para conhecer e garantir sua inscrição com 80% de desconto!).

E aí? E se você usasse este padrão para eliciar estados emocionais positivos nas outras pessoas, como seria?

Pense nisso enquanto lê o exemplo…

Exemplo

Você está pertinho de um colega de trabalho e vocês iniciam uma conversa quando ele te diz:

Colega: “Puxa… Tô desanimado com este emprego… Pensando seriamente em explodir com o diretor geral!” (Ele está num estado de desânimo, raiva…)

Você: “Eu entendo… (acompanhando) e consigo me lembrar de quando vocês se davam super bem, naquela época que se conheceram…(conduzindo)… POR QUE vocês se davam tão bem naquela época? (Eliciando Justificativas Internas e Reforçando o Estado Positivo).

** Quando o colega começar a JUSTIFICAR interna e externamente o PORQUE dele e o diretor se entenderem tão bem naquele tempo, vai entrar num ESTADO POSITIVO, quase que de imediato…

Você pode perceber o PODER desta pergunta tão simples?

Talvez agora você passe a perguntar “Por Que?” de forma diferente, não?

Espero que tenha sido valioso…

Um grande abraço!

SOBRE O AUTOR

Eduardo Vaz
Eduardo Vaz

Bacharel em Direito, Conciliador do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, Hipnólogo formado por Olimar Tesser, Practitioner de Hipnose, Estudioso da Área Linguagem Corporal, Microexpressões Faciais, Leitura Fria, Mentalismo, Vidência, Membro da IFGE (The International Foundation for Gender Education), Empreendedor Digital na Área de Marketing Digital e Relações Humanas, Administrador e Colaborador do Site Body Language Brazil.

Gostou do artigo? Ajude nossa comunidade e deixe sua opinião logo abaixo...

LISTA DOS TOP #5

É GRÁTIS!
Informe seu e-mail logo abaixo, junte-se aos mais de 17.216 leitores inteligentes e receba em primeira mão nossas atualizações sobre Linguagem Corporal, Hipnose e PNL!
100% Seguro e livre de SPAM

Quero Ver Os Cursos!
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
[Grátis] Os Segredos da Confusão Hipnótica
✓  O que é Confusão Hipnótica; ✓  Tipos de Confusão Hipnótica;  ✓ Exemplos Práticos da Técnica; 
LER O PDF
CURTIU O CONTEÚDO?
SEMPRE ATUALIZADO!
Informe seu e-mail logo abaixo, junte-se aos mais de 17.216 leitores inteligentes e receba em primeira mão nossas atualizações sobre Linguagem Corporal, Hipnose e PNL!
100% Seguro e livre de SPAM
É GRÁTIS!
Informe seu e-mail logo abaixo, junte-se aos mais de 17.216 leitores inteligentes e receba em primeira mão nossas atualizações sobre Linguagem Corporal, Hipnose e PNL!
100% Seguro e livre de SPAM
SEMPRE ATUALIZADO!
Informe seu e-mail logo abaixo, junte-se aos mais de 17.216 leitores inteligentes e receba em primeira mão nossas atualizações sobre Linguagem Corporal, Hipnose e PNL!
100% Seguro e livre de SPAM