Hacks Mentais #2 – Padrão Hipnótico Descrição Sensorial

Opa, você já deve saber o que está por vir. Sim, vamos falar sobre o Padrão Hipnótico Descrição Sensorial que é mais um Hack Mental, da série de 5 artigos sobre Padrões Hipnóticos (Hacks Mentais). Eu to muito feliz de compartilhar com você esse conhecimento, pois com certeza quando eu tive a oportunidade de aprender tanto esse conteúdo como outros mais a fundo passei a entender de outra forma a mente humana. 

Se você ainda não conferiu a explicação sobre a evolução biológica pela qual nosso cérebro passou, recomendo fortemente que leia a publicação Como Invadir a Mente das Pessoas (A Verdadeira Programação do Cérebro) pois lá eu apresento como cada um dos nossos três cérebros entende e processa a linguagem, fator crucial para você entender o conteúdo aqui exposto.

Se você já leu a primeira publicação base, agora eu quero te perguntar: Como podemos estimular o sistema límbico (emocional) nas outras pessoas? Você faz alguma ideia? Você sabia que através do Padrão da Descrição Sensorial explicado nos Softwares Mentais isso é possível? É disso que vamos falar…

HACKS MENTAIS – PADRÃO HIPNÓTICO DESCRIÇÃO SENSORIAL

Cérebro do MamíferoCérebro do Mamífero

A grande sacada desse Padrão Hipnótico é que quando você descreve uma experiência com riqueza de detalhes sensoriais, você estimula o sistema límbico emocionalmente. E isto é muito fácil, vamos ver um exemplo simples?

[ulplocker id=”T6Gwa91HkEQ7Fnzm”]

EXEMPLO SIMPLES: Sob a luz vivida do sol nascente, com os pés ainda descalços ela correu pela areia. Era a primeira vez que ela se sentia daquele jeito.

Luz vívida do sol = estímulo visual;
pés descalços = estímulo sensorial;
correu = estímulo motor;
Era a primeira vez que ela se sentia daquele jeito = estímulo sensorial.

Eu tenho certeza que você já viu isso antes em letras de músicas, geralmente naquele refrão que não sai da cabeça porque quanto mais tenta parar de pensar mais você pensa.

Algo que é muito claro para todas as pessoas que fazem o curso Softwares Mentais é o comprometimento de entender o que o maior gênio do Século XX já afirmou. Albert Einstein disse certa vez que “a imaginação é mais forte que o conhecimento”. Aprender, reter conhecimento, levar a informação da memória curta para a de longo prazo envolve a base da personalidade (experiências, crenças, valores, metaprogramas). Portanto aprender a utilizar a imaginação, a criatividade a seu favor é o mínimo que você pode esperar do curso desenvolvido pelo Marcelo Maia.

Quer mais um? Se você dominar o método não tem erro, é tiro e queda! (hehehe)…

Olha só esse outro exemplo:

EXEMPLO SIMPLES: Talvez você não tenha percebido ainda, mas à medida que passa seus olhos calmamente pelas palavras nesse texto talvez possa começar a se lembrar do dia que ganhou um presente, algo que veio numa embalagem bem brilhosa, e ficou muito curioso para saber o que tinha dentro. Você pegava ele nas mãos e automaticamente uma curiosidade para saber o que tinha dentro da embalagem tomava conta de você de um jeito muito forte, e conforme o tempo ia passando e você com o presente na mão essa curiosidade aumentava. Como se estivesse segurado por horas aquela embalagem e talvez sentindo uma curiosidade monstruosa. É como se você a cada vez que tocasse, segurasse a caixa brilhante de presente com as mãos, visse as cores da embalagem e sentisse uma curiosidade extrema (espera, tenho uma coisa para te contar no próximo parágrafo). Como é estar curioso agora exatamente igual ao momento em que segurava uma caixa de presente?

Como visto, você pode usar palavras sensoriais que causam impacto emocional profundo sem muita dificuldade, apenas usando esse hack mental explicado nos dois exemplo simples que lhe mostrei logo acima. Nele podemos observar:

Talvez você não tenha percebido ainda = vulnerabilidade da lógica (o inconsciente não associa o “não”);
Presente que veio numa embalagem bem brilhosaestímulo visual;
Você pegava ele nas mãos = estímulo sensorial;

Claro que esse é apenas um exemplo que criei para você perceber o poder de conhecer esse hack mental. É muito importante que você tenha bem definido quais são as vulnerabilidades da lógica, ok?

APROFUNDAMENTO

A pergunta pessoal, na minha opinião, é a melhor forma para aprofundar o sentimento que você induziu em alguma pessoa, é como se você colocasse para dentro da mente inconsciente do outro através de uma associação criativa a sugestão, no caso acima sobre curiosidade. Se não conseguiu perceber isso releia a frase acima novamente. Olha só:

Como é estar curioso agora exatamente igual ao momento em que segurava uma caixa de presente?

Como pode perceber esse Hack Mental é poderosíssimo para quem busca conversar com o próprio Sistema Límbico ou de qualquer pessoa.

Bem, esse é apenas mais um dos padrões de que estamos tratando nessa série, se quiser conhecer mais veja esses links logo abaixo…

MAIS HACKS MENTAIS

Hacks Mentais – Como Invadir a Mente das Pessoas (A Verdadeira Programação do Cérebro)
Hacks Mentais #1 – Padrão Associação Dor/Prazer
Hacks Mentais #2 – Padrão Descrição Sensorial  [Você está aqui]
Hacks Mentais #3 – Padrão Hipnótico da Antecipação
Hacks Mentais #4 – Padrão Descrever o Processo 

Obrigado pela confiança!

Um forte abraço…

[/ulplocker]

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *